O vestido de noiva é peça fundamental no dia do casamento. Todas as atenções estarão voltadas à noiva. Mas qual vestido escolher? São tantos modelos, um mais bonito que o outro.

A primeira decisão a ser tomada é se você quer alugar um vestido pronto, encomendar o vestido sob medida para alugar ou comprar (pronto ou sob medida)?

Atualmente é muito comum alugar uma peça pronta ou então pedir para a loja de aluguéis de vestidos, confeccionar um sob medida, e ser a primeira noiva a usá-lo. Mas ainda assim, há quem prefira comprar o vestido numa loja ou mandar fazer para guardá-lo de recordação. Existem também as noivas mais moderninhas e minimalistas que pedem pra fazer ou compram vestidos mais simples com cores neutras (sem ser o tradicional branco), que poderão ser usados depois, em outras ocasiões. Mas, antes de tudo, pesquise.  Procure descobrir o que você quer. Veja as revistas de noivas, busque sites especializados, visite lojas de aluguel de vestido de noivas, lojas de vendas de vestidos, conheça algumas estilistas e converse com elas.

Depois, calcule os orçamentos e elimine o que estiver fora de questão. Tente deixar umas três opções para selecionar. A partir daí, pense na estação do ano e no horário que o seu casamento irá se realizar (isso definirá alguns pontos). Para o inverno, as opções incluem manga cumprida ou boleros. No verão os decotes estão liberados. O horário do casamento também fará diferença na hora da escolha. Para casamentos durante o dia, vestidos simples e sem pedrarias ou brilhos. Se for à noite, brilhos e detalhes serão bem vindos.

Depois disso, é essencial que considere seu tipo físico. Para isso, acompanhe algumas sugestões que poderão definir o vestido ideal.

As noivas mais baixinhas e magras devem procurar um modelo evasê, favorecendo suas medidas. Enquanto as magras e altas, poderão respirar mais aliviadas: há uma variedade de estilos e modelos de vestidos disponíveis para elas, seja com volume ou bem justinho, tudo caíra bem. Para as meninas altas e acima do peso, a dica é procurar por opções de tecidos firmes que favoreça a silhueta do corpo, desconsiderando totalmente opções de vestidos volumosos. E para as moças de estatura baixa e acima do peso, a sugestão são os vestidos evasê de cintura baixa.

Agora é só seguir as dicas e aproveitar este momento tão importante!

 


Se a dúvida é como escolher a decoração ideal para o casamento, a dica é começar pela temática e pelas cores. A partir daí, os noivos poderão escolher desde os convites até os detalhes da festa.

Se tiver dúvidas, consulte as revistas de decoração de festas. Pense também no que gostam de fazer juntos, o que tem em comum, onde se conheceram, que tipo de restaurante mais apreciam, que estilo de música agrada o casal, etc. Destes detalhes poderá sair o tema certo para um casamento com a cara dos noivos. Quanto à tonalidade da decoração, lembre-se que pode ser baseada na cor favorita dos noivos, na cor da moda, nas cores que remetem à estação do ano, etc.

Entre os temas há várias opções de estilos: sofisticado, campestre, natural, moderno. Dentro destas opções há outras definições. Por exemplo, se o casamento for sofisticado, ele deverá acontecer num clube requintado, num restaurante de renome, num salão de festas especializado ou nas dependências da casa da família de um dos noivos. Se for campestre será numa chácara, sítio ou fazenda? Natural, será na praia? E se for moderno, o evento será num restaurante alternativo, num espaço moderno, numa casa de shows, numa discoteca.

Dentro destas opções qual será a temática? O sofisticado será clássico, tradicional? O campestre terá tema de campo, seguirá a linha de boteco ou será rústico? O da linha natural manterá uma opção chique, hippie ou estilo “baile do havaí”? O moderno terá apelo de discoteca, vintage & retrô, rock´n´roll?

Se você escolher um casamento sofisticado, clássico e tradicional, ele acontecerá à noite, terá o tema com recepção, decoração, festa e buffet de acordo com o esperado. Tudo social e requintado. E assim deverá ser seu convite, trajes dos noivos, decoração da cerimônia e festa, cardápio, lembrancinhas, etc.

Se prefere um casamento no campo, ele poderá seguir a linha típica do interior, misturada com boteco. A decoração poderá ser rústica com iluminação aconchegante. Os convites poderão remeter esta ideia. A recepção poderá ser mais informal, o buffet poderá oferecer comidinhas típicas de boteco (bolinho de aipim, bolinho de bacalhau, porções variadas) e como prato principal alguma comida típica brasileira. Os trajes poderão ser mais confortáveis e a lembrancinha poderá remeter todo este clima boêmio.

Se for casar na praia, poderá fazer a decoração com influência hippie, assim como os convites e lembrancinha artesanal. A recepção poderá mostrar o clima de praia, o buffet com muitos peixes e coquetéis coloridos.

O moderno, se for cultuar a moda retrô-vintage (que está em alta), poderá ter decoração, convites e lembrancinhas totalmente temáticos e recepção mais despojada. Rock´n´roll antigo nas caixas de som. Carro antigo para trazer os noivos e o cardápio poderá ser baseado em comidinhas de lanchonete. O bolo poderá ser uma torre de cupcakes. Tudo no clima retrô!

Agora é só escolher o seu preferido e aproveitar a festa!

O convite perfeito é o que retrata os noivos, combinando com o estilo do casamento planejado.

É o convite que dá a primeira impressão do casamento. O papel, o design, a cor, a fonte, as aplicações e o envelope são os detalhes que irão anunciar aos convidados de que tipo de festa se trata: clássica, descolada, tradicional, inusitada, moderna, simples, sofisticada ou divertida.

Há opções para todos os estilos de eventos, gostos e bolsos. Com papel reciclado que é sustentável, o convite pode cumprir bem o recado para um casamento no campo ou na praia. Os metálicos que remetem às festas mais sofisticadas traduzem a ocasião. E as opções de papéis fotográficos, onde os noivos podem aparecer numa foto, mostram o estilo do casal e insinuam algo mais inusitado, entre muitas outras opções.

O envelope também traz muita personalidade. Ele e o convite criam toda a expectativa ao convidado. Por isso o conjunto é um aperitivo da cerimônia e da festa, trazendo pistas e deixando muita curiosidade no ar.

Mesmo que o casamento for totalmente tradicional, o convite pode ser personalizado através de algum detalhe que possa representar o casal: pode ser um desenho, o trecho de alguma música, algum símbolo ou uma frase da preferência dos noivos.

Porém se a temática for mais simples e descontraída, uma grande tendência do momento é enviar convites com caricaturas dos noivos. É uma opção divertida e alegre.

Para um casamento no campo, com tema mais rústico e ideia aconchegante, o papel poderá ser reciclado e poderá levar algum tipo de elemento que remeta à festa no campo.

Para os casamentos modernos, poderão ser feitos envelopes estilizados em formatos diferentes e cores que combinem com a proposta da festa. Ousadia e bom humor são bem vindos nesta opção.

Há convites em forma de pergaminho, com design de caixinha de presente, em formato de leque, jornal, de história em quadrinho, de claquete, carta de baralho, de disco, origami, dentro de garrafinha, perfumados, com fitas e laços. Tudo vai depender da criatividade dos noivos, da temática da festa e da história que eles querem contar.

Vale a pena pesquisar, conhecer as opções e investir nesta ideia que despertará curiosidade e a emoção nos convidados.

Comida casamento sucos

Saiba como escolher a comida ideal de um casamento:

Uma das coisas mais importantes, e que com certeza os convidados vão comentar e lembrar depois, é o cardápio servido na festa de casamento. Isso porque os convidados quase sempre geram uma expectativa muito grande quanto à comida a ser servida, e muitos já estão com fome depois de tanta celebração e protocolos. Por isso é interessante planejar bem dentro do orçamento, e inovar sempre que possível.

 

Como agradar meus convidados?

No planejamento básico da comida a ser servida no casamento é preciso ser especificado e escolhido com o buffet cada prato, na quantidade certa para todos os convidados. Normalmente há um coquetel antes do jantar, e os salgadinhos servidos nessa hora já matam a fome de muita gente. Por isso, vale investir nos salgadinhos e canapés para não precisar gastar tanto no jantar em si.

Para o jantar, a combinação padrão e tradicional é de entrada, prato principal de sobremesa. Muitas vezes o coquetel já serve como entrada, mas se os noivos decidirem podem planejar um prato como entrada formal. Uma salada cairia muito bem nessa hora. Para o prato principal, calcular 500g de comida por pessoa é o básico. Entre massa, arroz, carne e peixe, escolha uma composição não muito pesada mas que saia mais econômica. Massa com um tipo de carne seria excelente

Um ravioli ou fettuccini são boas pedidas, acompanhados de filés de frango ou carne. Isso pode diminuir a porção é e garante o sucesso com quase cem por cento dos convidados. Mas se você quiser inovar, há diversas opções para isso. Há menus orientais como comida japonesa e comida indiana sendo servidos em muitos casamentos por todo o país, bem como meus estilo buteco (com pastéis, escondidinho e bolinhos), menu lanchonete(com cachorro-quente e hamburguer) e muitos outros. Escolhendo por um menu alternativo, tenha sempre uma opção neutra disponível, como um risoto ou strogonoff.

 

Limites da inovação e do orçamento

Inovar e incrementar o cardápio da nossa festa pode ser incrível e seu jantar pode ser lembrado por gerações. Mas lembre-se que essa inovação pode não agradar a todos, e por isso não pode ser tão radical. Não coloque um menu completo de comida japonesa com sushi frio e outros pratos exóticos, sem deixar uma segunda opção.

Isso por si só já aumenta o orçamento, já que nesse caso grande parte dos convidados torcem o nariz para o menu principal. Ainda tomando como exemplo esse mesmo menu, a base de cálculo da comida e a porção por pessoa é maior do que uma massa, por exemplo.  Comida japonesa em si é cara e os preparativos mais caros ainda. Por isso, antes de escolher por um menu mais exótico ou diferenciado, verifique todas as possibilidades do jantar. Há mais chance do seu jantar ser lembrado pela falta de comida do que pelo seu bom gosto.

Lista de casamentoUma coisa é certa: na hora de fazer a lista de convidados de casamento surgirão várias indecisões.

A primeira coisa que deve ser levada em consideração é orçamento disponível. Depois disso, o tipo de festa pretendida: intimista ou estilo “festa de arromba” com direito a colegas de trabalho, vizinhos, conhecidos e parentes distantes?

Se os noivos não querem e não tem verba disponível para convidar todo mundo, é importante lembrar que quem deve participar do casamento são as pessoas especiais para o casal: família e amigos mais próximos, ou seja, pessoas que fazem parte da vida do casal.

Outro fator que poderá ajudar a definir o número de convidados é a data do casamento: se o evento for durante a semana (dias em que a maioria está trabalhando), em feriado prolongado (quando muitos aproveitam para viajar), em datas comemorativas (como Natal e Ano Novo que as pessoas já têm compromissos agendados com suas famílias e amigos) ou em época de férias (que as pessoas saem para longas viagens), a possibilidade de respostas negativas é consideravelmente maior do que num fim de semana comum.

Pensando em tudo isso, a ideia é elaborar uma lista de casamento. No primeiro momento faça uma sem restrições, incluindo todo mundo: colegas de trabalho, vizinhos, conhecidos, amigos dos pais dos noivos, etc. Em seguida, a recomendação é calcular o orçamento e aí começar a riscar da lista os nomes de pessoas menos próximas que estão excedendo e comprometendo o orçamento. Outra decisão importante é deixar igualmente o número de pessoas que cada noivo terá direito de convidar. Por exemplo: 100 pessoas para a noiva e 100 para o noivo. Caso um deles tenha mais familiares e o outro menos, poderá acontecer uma negociação entre o casal.

Após a decisão, o ideal é entregar os convites com pelo menos 2 meses de antecedência para que as pessoas possam se programar e dar uma resposta concreta se poderão comparecer ou não.

Se houver um número de respostas negativas, após alguns dias os noivos poderão tentar substituir os que irão faltar, enviando convites a outras pessoas que gostariam de convidar num segundo momento e que foram riscadas da primeira lista. A dica é procurar fazer isto com pelo menos 20 dias de antecedência do evento pra não ter erro.

Até que é fácil, né? Agora é só começar a escrever os nomes na lista e calcular o investimento!

Aruba

Com tantas opções e pacotes de viagens disponíveis, fica realmente difícil escolher o destino ideal para uma lua de mel inesquecível. Por isso, nosso objetivo é ajudar aos casais que estão enfrentando os infinitos preparativos de casamento, a tomar mais uma decisão tão importante. A Lua de Mel deve ser uma viagem de destaque, pois o casal sempre se recordará deste momento tão importante e alegre. Para escolher um destino espetacular, a primeira dica é selecionar um local que os dois inda não conheçam, mas sonham em conhecer.

Os primeiros dias de casamento podem acontecer no Brasil ou no exterior, há opções de lugares para todos os gostos e bolsos.

Pra iniciar o planejamento, pesquisem sobre lugares que os dois queiram conhecer. Vale fazer buscas pela internet, ler revistas de viagens, questionar os amigos que já foram ao destino desejado, etc. Depois o casal poderá selecionar algumas agências de viagens. Visite três e expliquem seus desejos, vontades, falem das datas, questionem formas de pagamentos, etc. Depois comparem e avaliem qual o melhor custo/benefício e negociem.

Mas, enquanto ainda não colocaram estas dicas em prática, confiram algumas sugestões que muitos casais procuram pra passar a lua de mel:

Lugares românticos são os mais pedidos para este período. Veneza na Itália é um deles.

Veneza além de ser considerada linda é um patrimônio da humanidade. Possui diversas igrejas, ruelas charmosas, monumentos históricos e o tradicional passeio de gôndola, entre outros aspectos que são decisivos na hora de optar por esta viagem que com certeza será inesquecível.

Outro lugar que é sonho de consumo entre muitos casais é Cancun. Com o paradisíaco e impressionante mar caribenho azul turquesa, Cancun é um verdadeiro paraíso com inúmeras programações. Vale a pena optar por esta viagem.

Mas para quem prefere um destino incrivelmente charmoso e romântico, sem dúvida nenhuma Paris é o lugar ideal. A cidade luz é objeto de desejo entre os casais mais românticos. Suas ruas antigas, a Torre Eiffel, a Catedral de Notre Dame, o Arco do Triunfo, o Palácio de Versalhes e o Museu do Louvre, fazem deste destino uma verdadeira magia.

Agora pra quem está em busca de paisagens exuberantes, a sugestão é não sair do Brasil. Por aqui, o local mais cobiçado para este objetivo é sem dúvida, Fernando de Noronha. Conhecer o arquipélago, com as praias mais lindas do país é tentador. Para os casais que apreciam a natureza e gostam de se aventurar em meio às belezas naturais, este é o destino certo.

E para os noivos que fizerem seus votos no inverno, com certeza Gramado é a pedida certa. Num clima de total romantismo, os casais poderão apreciar deliciosos foundues, museus, lojas de chocolates, os pedalinhos do Lago Negro e os deliciosos vinhos produzidos na região. A gastronomia da cidade é inconfundível e com certeza será mais um atrativo inquestionável.

Agora é só decidir qual o destino que mais combina com vocês e aproveitar!

Smoking para casamento

Confira dicas de roupas masculinas para usar em casamento:

O homem quando tem um compromisso, consegue se arrumar muito mais rápido do que a mulher, pois os homens são mais simples, não ficam escolhendo um monte de roupas, sapatos e acessórios, para o mundo masculino, basta estar bem e confortável, é isso que importa, mas os homens também tem muito estilo e na hora de ir ao casamento, precisam estar impecáveis, porque as mulheres reparam muito nisso, estar bem vestido em uma ocasião assim, principalmente para os solteiros, é atrair olhares femininos, além de sorrisos também.

Os primeiros passos a se vestir para um casamento é saber qual traje é exigido. Hoje os casamentos celebrados durante o dia, a formalidade pode ser deixada um pouco de lado, exigindo-se que os convidados trajem roupas mais do estilo esporte fino. As calças sociais ou de brim, combinadas com blazers, casacos mais requintados e sapatos sociais devem ser usados nestas ocasiões, sem dúvidas. Jamais use calças jeans ou tênis, tiram o tom e ainda não são tão formais ao visual. As cores devem ser sóbrias, evitando serem muito chamativos, os blazers em tons mais escuros, é sempre uma boa escolha, se o calor estiver atrapalhando sua elegância na ocasião, use um tom pastel, como azul claro ou bege.

Se o casamento exigir aquele traje social, você deverá caprichar mais no visual, esta exigência significa que você deverá trajar um terno mais escuro, independentemente se a festa será de dia ou à noite. Os modelos clássicos lisos ou com risca de giz são garantia que você está muito elegante. As camisas deverão ser do mesmo padrão, não sendo em cores chamativas, como as clássicas camisas brancas, marfim, azul e até mesmo preta, são as mais indicadas para se usar. A gravata deverá compor o look, bem como o sapato social e o cinto que deve ter a sincronia em suas cores.

Extremamente Formal

Se o casamento for extremamente formal, você deverá usar o Black Tie. A regra do smoking, nada de outros tipos de ternos, as camisas também deverão ser brancas e plissadas e as golas seguindo o modelo “vovô”, a gravata em regra básica é a borboleta, outros acessórios devem ser evitados, não cometa exageros, para também não ficar constrangido, a elegância conta muito nessas horas, ao lado da sua postura.